Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Não deixe a balança ditar quem você é!
Compartilhe no WhatsApp Enviar por email Compartilhe no Twitter

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018 - 13:26
balançaFala, galera! Período de férias acabando pra maioria, e aí vem aquela preguiça de voltar, tanto ao trabalho quanto aos treinos de corrida e a comer direito (até de postar eu andei com preguiça, hehehehe). Com isso, os ponteiros da balança vão subindo...

Mas até que ponto isso realmente importa?

Claro que a resposta varia de pessoa pra pessoa, mas a matéria que traduzo hoje do site WomensRunning relembra que não devemos dar lá muita importância à balança.

Óbvio que isso não significa continuar comendo como se não houvesse amanhã, apenas voltar ao foco no seu ritmo e deixar as coisas (inclusive o ponteiro da balança) voltarem ao seu lugar naturalmente.

Então, chega de enrolar e bora dar aquela lidinha básica? mrgreen
A balança tende a ser o nosso pior inimigo, especialmente nesta época do ano. Você trabalha duro toda a semana, prossegue e espera pelo melhor ... apenas para ter suas emoções ditadas pelo número exibido. Como corredores, muitas vezes ouvimos isso, quanto menor o seu peso, mais eficiente será durante a corrida. As mulheres, em particular, muitas vezes sentem uma obrigação irresistível de ter um determinado peso para serem aceitas na sociedade. A peça que falta em tudo isso é que podemos fazer qualquer coisa com qualquer peso.

Eu caio nessa armadilha constantemente. O quanto a balança diz que eu peso será uma vitória ou um ataque pessoal, o que leva à quantidade de esforço e trabalho que coloquei no meu treino para esse dia. Se a balança diz que perdi um quilo, torço e continuo com os exercícios programados conforme planejado, sabendo que eles estão funcionando bem. Mas se a balança mostra um ganho, começo a criticar instantaneamente meus esforços durante a semana e dirijo-me ao treino determinado a forçar meus limites, independentemente de ter planejado pegar leve ou alcançar um alto nível de esforço durante o treino planejado do dia.

Este ciclo é vicioso. Muitas vezes tenho que parar no meio desta forma de pensar e me lembrar de que meu peso não tem nada a ver com meu desempenho. Aprendi muito sobre a força física no ano passado, percebendo que a quantidade de músculo que tenho no corpo ajudará a determinar o quão rápido e eficiente posso correr. Meu peso não tem nada a ver com isso.

Os indivíduos podem correr, independentemente de pesarem 70 ou 90 quilos. Dois corredores, um em cada peso, pode até mesmo ser capazes de correr no mesmo ritmo. A quantidade de peso que carregam não se correlaciona diretamente com sua velocidade ou habilidade, e sou grato por isso. Se meu peso se correlacionasse com a minha capacidade e velocidade, eu seria um corredor lento. Minha habilidade vai muito além do meu peso e assim também é com minha força e velocidade. Em qualquer caso, preciso começar a me concentrar na física do meu corpo, sabendo que uma massa menor ajuda com facilidade na corrida e não na velocidade.

Você deixa o número na balança ditar sua vida? Saiba que você não está sozinho. Todos nós temos momentos em que gostaríamos de nos livrar de alguns quilos. Às vezes isso acontece facilmente, em outras lutamos e não vemos nada acontecer. Você deve lembrar que é mais do que um número. A única coisa que a balança faz é mostrar sua atração gravitacional para a Terra. Só isto. Nada mais, nada menos. Não diz se você é lindo, forte e capaz, e não dita o que sua mente define.

Com toda a honestidade, é algo que é difícil de trabalhar. Foi gravado em nossas mentes que nosso peso representa tudo sobre nós, mas a verdade é que sua capacidade de continuar e de superar os desafios na vida é o que o representa. Continue tocando em frente, sabendo que está trabalhando para ser sua melhor versão - não a pessoa que o mundo quer que você seja.
E aí, gostaram? Espero que sim! Foi um alívio pra mim ler isto. Já sinto até os 4 quilos que ganhei nas férias indo embora... mrgreen

Abraços e beijos a todos e até a próxima!

Fonte: Competitor.com (adaptado por Coelho de Programa)

Leia mais sobre: corrida, balança, peso

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho