Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Disputar provas regularmente pode melhorar sua performance
Enviar por email Compartilhe no Twitter

segunda-feira, 19 de março de 2018 - 10:20
runners racingFala, galera! Como todos sabemos, corrida, principalmente de longa distância, exige preparação (claro, quem quiser fazer direitinho). E uma das coisas chatas (pra alguns, eu adoro! mrgreen) é treinar, treinar, treinar... parece que nunca tem fim.

Uma das recomendações que me foram dadas pelo Ranon, na época do treinamento para a minha primeira maratona foi que eu fizesse algumas provas no meio do caminho, tanto para estimar o que eu seria capaz de fazer na prova alvo quanto para tirar um pouco da chatice (que eu, repito, não sinto!) de só treinar.

Pois bem, o artigo do excelente site WomensRunning, cuja tradução trago hoje pra vocês, fala exatamente sobre esse assunto. Vamos dar aquela lidinha básica? mrgreen
Lemos sobre maratonistas que disputam provas consecutivas. Já ouvimos falar de corredores que correm 31 maratonas em 31 dias ou 100 maratonas em um ano ou 365 corridas em 365 dias.

Você não precisa se alinhar para uma prova todos os dias, mas os treinadores dizem que competir regularmente pode adicionar ao seu treinamento e preparar seu corpo para essa prova alvo.

"Penso nas provas como um caminho de migalhas de pão, porque eles te mantêm avançando na direção certa. Levando uma corrida que deseja colocar no trabalho e se encaixe o suficiente para fazer bem e depois, você pode usar os resultados da corrida para identificar áreas desafiadoras que precisam de mais atenção", disse Tia Accetta, um treinador do Road Runners Club of America e maratonista com tempo de 2:48.

A prova pode ser usada para verificar o nível de treinamento de um corredor e pode ser uma maneira fácil de definir os níveis de intensidade do treinamento.

"As provas servem como um excelente medidor da sua forma física. Os resultados da prova devem ser usados para basear os ritmos e intensidade do seu treinamento", disse Tom McGlynn, fundador e técnico do site de treinamento online Runcoach.

É também uma maneira de determinar o ritmo desejado no dia da corrida. "Se você está treinando para uma prova-alvo, as provas de ajuste com distâncias menores podem ser um método inteligente de preparação para a grande prova. Mas os corredores precisam ter em mente o grau e o tipo de percurso em que eles estão correndo para definir esses ritmos alvo. Você deve comparar eventos semelhantes em relação à distância, terreno, temperatura e níveis de aptidão física", disse o treinador online Kyle Kranz.

E se você está se sentindo um pouco cansado de seu programa de treinamento, as provas podem ajudá-lo a permanecer motivado. "Comece com uma prova de 5K e suba na distância a cada quatro a seis semanas até sua prova alvo. O meu desenvolvimento preferido de provas inclui algumas corridas de 5K na primavera ou verão para praticar a velocidade, um 10k ou 12k montanhosos em setembro para testar a força, uma meia maratona plana em outubro para aumentar o ritmo e, finalmente, uma maratona ou meia alvo em novembro ou dezembro.", disse Accetta.

McGlynn acrescentou que uma opção que os corredores podem tentar é programar dois períodos de prova para o ano. "Se seu objetivo principal é uma maratona, tente disputar uma meia cinco a oito semanas antes da sua maratona alvo. Então, uma semana ou duas antes da maratona, execute um 5K ou um 10K como um último ajuste fino", disse ele.

Se você já é presença constante nas provas e uma por mês não é suficiente, Accetta recomenda pelo menos duas a três semanas de intervalo entre as provas, mas não agende muitas que forem realmente cansativas de completar. "Depois de qualquer prova ou treino duros, seu corpo precisa de tempo para se reconstruir. Para mim isso significa comer bem, hidratar-se bem e dormir bem na semana depois da corrida. Para ajudar seu jogo mental a estar sempre em dia, defina um propósito para suas provas alvo", disse Accetta.

Isso significa escolher as provas com cuidado e ter um objetivo em mente. Por exemplo, após algumas semanas de treino, os corredores podem planejar uma prova de 10K no ritmo de meia maratona ou meia maratona no ritmo da maratona. Com essas provas de "prática", os corredores podem ter uma prova alvo bem-sucedida. "Correr bem também é uma habilidade. Assim como falar em público ou fazer uma simulação de entrevista de emprego, você pode se tornar mais confortável em um cenário de prova fazendo essas provas. Desde controlar seus nervos antes do evento para se forçar no último terço da corrida, essas são habilidades que podem ser desenvolvidas e treinadas", disse Kranz.
E então, gostaram? Abraços e beijos a todos e até a próxima! mrgreen

Fonte: Competitor.com (adaptado por Coelho de Programa)

Leia mais sobre: corrida, prova

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Copyright - Marcelo Coelho