Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

A arte da corrida relaxada
Enviar por email Compartilhe no Twitter

quinta-feira, 23 de agosto de 2018 - 11:34
runner relaxedE aí, galera apaixonada pela corrida!

Mesmo antes de começar a correr, sempre gostei de ver a "Maratona de São Silvestre" mrgreen, quando ela ainda era um pouco antes da virada do ano.

Uma coisa que me impressionava era que dificilmente os caras que corriam na frente no início da prova eram os que ganhavam. No final da prova, aparecia do nada um cara que ultrapassava os que estavam na frente com uma facilidade que fazia os ultrapassados parecerem amadores. Impressionava-me, sobretudo, o semblante de tranquilidade dos ultrapassadores. Eu olhava para seus rostos e me dava a impressão de que começavam o aquecimento!

Depois de ingressar nesse meio, percebi, meio que na intuição, que é possível correr forte e permanecer relaxado, embora eu ainda não consiga colocar muito isso em prática. Minhas últimas fotos de prova que o digam! mrgreen

O artigo que traduzi do excelente site TrainInKenya.com mostra que os treinadores dos corredores de elite fazem com que seus treinados desenvolvam essa habilidade.

Ler este texto me animou a tentar praticar. Dá aquela lidinha básica e vê se você se anima também!
Tive a sorte de ter treinado com vários grupos de corredores de elite em Iten, Quênia, e as áreas ao redor todas ficaram famosas por seus campos de treinamento em alta altitude. Notei várias diferenças entre os métodos e as filosofias de treinamento dos corredores quenianos em comparação com os grupos com os quais eu treinei no Reino Unido e na Europa. Talvez a maior diferença que observei seja a ênfase colocada em permanecer relaxado e controlado durante todo o treino.

No mundo ocidental, muitas vezes somos ensinados que uma sessão de treinamento não é benéfica, a menos que você coloque 100% nela. 'Leve seu corpo ao limite' é um mantra favorável. Não estou descartando os benefícios de me esforçar muito de vez em quando, mas minha experiência mostra que os quenianos muitas vezes têm uma ideia diferente sobre o que faz uma sessão de treino bem-sucedida. Eles são ensinados a fazer com que correr rápido pareça fácil e para fazer isso você deve estar no controle do seu corpo em todos os momentos. Esta é uma das principais coisas que levei comigo depois da minha primeira visita a um campo de treinamento queniano.

Um exemplo prático

Tome o seguinte exemplo para ajudar a demonstrar com que facilidade esse conceito importante pode ser incorporado em seu próprio treinamento.

Suponha uma sessão de 6 x 1000 m com recuperação de 2 minutos. Digamos que um corredor de 5k de 15 minutos (semelhante à minha própria capacidade atlética) fosse fazer essa sessão com a maior intensidade possível dentro do contexto de uma semana de treinamento. Ele poderia ser capaz de fazê-los todos em torno de 2:57/2:58 e forçar o último até 2:55. Isso seria o mais difícil possível. Você veria a postura dele piorando nos últimos 100 metros e provavelmente ele entraria em colapso quando cruzasse a linha. Você pode considerar esta uma sessão muito bem-sucedida. O atleta conseguiu espremer cada grama de energia para acertar os tempos rápidos - eles 'deixaram tudo na pista', como muitos técnicos já ouviram.

Agora considere o seguinte cenário, que usando uma mentalidade queniana seria um resultado preferível: O mesmo 6 x 1000 m com 2 minutos de recuperação, mas desta vez eles serão todos em 3 mins em vez de 2:57/2:58 - um aumento percentual no tempo de apenas 1,1% em comparação com a primeira sessão. Do ponto de vista fisiológico, os mesmos benefícios foram alcançados. O atleta ainda estará operando no limiar láctico, ou acima, ainda estará perto do ritmo cardíaco máximo no final de cada repetição e continuará operando ao redor do VO2 máximo. Contudo, desta vez eles estarão em uma posição onde eles poderão se concentrar em manter um bom estilo de corrida, uma boa postura e mentalmente eles sempre sentirão como se tivessem outro comportamento. Eles correram a mesma sessão, mas indo muito mais devagar eles terão acrescentado vários benefícios extras que você talvez não considere normalmente como aspectos importantes do treinamento. É importante que eles tenham conseguido relaxar durante toda a sessão.

Apoiado por treinadores:

A corrida descontraída parece ser o padrão e a norma entre os corredores quenianos. Mas também é promovido por alguns dos principais treinadores. Brother Colm O Connell é famoso por sua ênfase na importância da corrida descontraída. Eu disse para Gavin Smith (Fundador do The Kenya Experience), que foi Assistente Técnico de Renato Canova e trabalhou com Abel Kirui e Florence Kiplagat:

"Havia uma grande ênfase no relaxamento durante o treinamento. Renato costumava gritar 'tranquilo' enquanto os atletas corriam. Mesmo que não seja uma tradução tão direta quanto presumi, a implicação era clara. Ele estava dizendo 'relaxe, não force, deixe o ritmo vir naturalmente'".

É uma questão de eficiência

Seu corpo é mais eficiente quando está relaxado. No segundo em que você fica tenso, a energia é desperdiçada e a postura correta será perdida. Então, por que em cada sessão de treinamento você correria ao ponto de ficar tenso e perder sua postura? Muitas vezes ouço os treinadores gritando 'relaxe' aos seus atletas quando eles chegam ao final da prova, mas se esses atletas não praticaram permanecer relaxados nos treinos, como eles aprenderiam como fazer isso em uma prova? Os estágios finais de uma competição talvez sejam o pior lugar para tentar aprender uma nova habilidade.

Assista David Rudisha ou Eliud Kipchoge correndo e você notará que a postura de corrida deles permanece quase idêntica ao longo do tempo, eles estão relaxados o tempo todo, até a linha de chegada. Eles ainda estão trabalhando incrivelmente duro, mas são capazes de fazê-lo enquanto permanecem no controle de seus corpos, porque praticaram a corrida dessa maneira no treinamento. Praticar a corrida relaxada deve ser incluído como uma parte importante do treinamento se você espera fazê-lo numa prova. É algo que é muito enfatizado no treinamento de sprint, mas comumente negligenciado entre corredores de longa distância.

Tente isto!

É claro que às vezes é importante estressar seu corpo durante as sessões de treinamento e testar seus limites, mas certamente não o tempo todo. Ao diminuir ligeiramente e manter o controle da mente e do corpo, você concluirá a sessão sentindo-se muito melhor, poderá se recuperar mais rapidamente e poderá praticar corridas relaxadas. Então, da próxima vez que estiver na pista, esqueça de tentar executar cada repetição mais rápido do que nunca, ou esforçar-se para acompanhar seu parceiro de treinamento e, em vez disso, tente ficar relaxado, focado e no controle. Os benefícios podem surpreendê-lo!
Abraços e beijos a todos e até a próxima! mrgreen

Fonte: TraininKenya.com (traduzido por CoelhoDePrograma)

Leia mais sobre: corrida, relaxado

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho